roteiro bonito agência de turismo em bonito

Melhores Cidades do Pantanal: 7 Lugares Para Incluir no Roteiro

Quer viajar para o Pantanal, mas ainda não sabe exatamente para qual região seguir? Então conheça as 7 melhores cidades do Pantanal!

Essa é uma área do Centro-Oeste brasileiro muito procurada pelos turistas devido à rica diversidade da fauna e flora existente por lá.

Quem curte uma boa aventura segue para o Pantanal para desfrutar das trilhas, observação das aves e outros animais, passeios de cavalos e de lanchas e muito mais.

Por isso, se você quer conhecer 7 lugares para incluir nesse roteiro de viagem, veja as dicas que a agência Roteiro Bonito MS preparou!

7 melhores cidades do Pantanal

O Pantanal é o menor bioma brasileiro, mas é também a maior área alagável de todo o mundo, de uma beleza única.

No Brasil, ele está presente nos estados do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul, se estendendo também por países como o Paraguai e o Uruguai.

Por isso, quando se fala nas melhores cidades do Pantanal, elas estão inclusas dentro dos dois estados brasileiros, na região Centro-Oeste.

Mesmo as áreas fora da região pantaneira também costumam receber muitos visitantes durante o ano.

E um bom exemplo disso é a cidade de Bonito/MS, um dos principais centros turísticos do Brasil. No entanto, apesar da proximidade, como ela fica fora do Pantanal em si, não entrará nessa lista.

Enfim, tanto no Pantanal norte quanto no Pantanal sul, há muitas coisas para você curtir.

Acompanhe, então, as melhores cidades para incluir no roteiro e saiba o que fazer no Pantanal quando estiver por lá.

1. Corumbá

Corumbá
Fonte: José Eduardo Nucci (Flickr)

Corumbá fica localizada no MS, a 426 km de distância da capital do estado, Campo Grande.

Ela é conhecida como “Capital do Pantanal”, sendo a cidade mais pantaneira que existe, por isso é a primeira indicação da lista.

É uma das maiores cidades do estado, com mais de 110 mil habitantes e está exatamente na fronteira com a Bolívia.

Além de todas as suas características e atrativos naturais, o lugar ganha destaque também por ser o ponto de partida da Estrada Parque Pantanal.

Esse é um famoso trajeto de 120 km, que liga Corumbá às demais cidades vizinhas, e possui mais de 70 pontes em sua extensão.

Como atravessa toda a região, é um percurso perfeito e muito utilizado por quem quer observar de perto as belezas do bioma, como animais e árvores.

Sendo uma das melhores cidades do Pantanal, Corumbá conta com a presença do Rio Paraguai, um dos principais rios do Centro-Oeste. Por isso, tem a pescaria como um de seus fortes.

São centenas de espécies de peixes que habitam a área e movimentam os turistas que se aventuram nessa atividade. Não à toa, recebe o Festival Internacional de Pesca do Pantanal, um importante festival pantaneiro.

De uma forma geral, a cidade conta com o melhor que a região tem a oferecer, possibilitando conhecer o modo de vida dos habitantes e as maravilhas da natureza local.

2. Aquidauana

Aquidauna
Fonte: Rubem Porto Jr (Flickr)

Aquidauana é mais uma que está entre as melhores cidades do Pantanal, também no estado do MS.

O município fica bem próximo a Campo Grande, sendo apenas 141 km de distância, e esse é um ponto bastante positivo a se considerar.

Para quem está em busca de passeios bem no estilo pantaneiro, essa é uma ótima opção, com tudo de melhor que a região tem a oferecer.

Além do mais, a cidade é famosa também por possuir muitas outras atividades próprias, com praias de águas doces.

Isso acontece porque ela é cortada pelo Rio Aquidauana, que contém um curso de águas bem calmas que formam praias em seu leito.

Um ponto que chama bastante a atenção são os parques naturais presentes por lá, como a Lagoa Comprida. É justamente nessas áreas que o habitat característico do Pantanal pode ser observado em seu grau máximo.

Há uma mistura bem interessante também de animais como aves, répteis e mamíferos, que vivem na região.

E para quem está atrás de uma aventura única, pode visitar também as aldeias indígenas que estão instaladas nos limites da cidade.

3. Miranda

Miranda Pantanal
Fonte: Luciano Justiniano (Flickr)

O município de Miranda também está presente no MS, a pouco mais de 207 km de Campo Grande.

E o melhor de tudo é que ela está a apenas 131 km de Bonito/MS, que é um dos maiores centros turísticos do Brasil.

Na verdade, saindo da capital do estado, o caminho até Bonito passa justamente pela cidade de Miranda. Então, vale muito a pena aproveitar esse trajeto e curtir o melhor que as duas cidades têm a oferecer.

Miranda/MS possui um roteiro turístico muito bem desenhado e se caracteriza por oferecer mais do que as atividades típicas dos passeios pelo Pantanal.

Então, se Corumbá é a cidade mais pantaneira da região, esse já é um município mais desprendido, que mistura cultura com adequação para receber os turistas.

Uma mostra disso são as presenças de pousadas e hotéis, que oferecem uma estadia confortável, ideais para relaxar após um dia de atividades. Por lá, é possível aproveitar um dia de cavalgadas, safáris, exploração noturnas da mata e das áreas alagadas e mais.

Quando estiver em Miranda, um lugar que vale a pena ser visitado é a Fazenda San Francisco.

E quem viaja para a região, consegue ainda dar uma esticadinha para conhecer os atrativos de Bonito, como a Gruta do Lago Azul ou a Flutuação no Rio Sucuri.

4. Cáceres

caceres
Fonte: trip2gether (TripAdvisor)

Entrando agora dentro do estado do Mato Grosso, uma das melhores cidades do Pantanal é Cáceres.

Esse é um município pantaneiro raiz e que recebe uma grande quantidade de turistas todos os anos, que escolhem a região também por seus demais atributos.

Ela fica a apenas 218 km de Cuiabá, capital do estado, fazendo divisa com o território da Bolívia, assim como Corumbá/MS.

Um dos pontos turísticos mais visitados em Cáceres é o Marco do Jauru.

Ademais, Cáceres oferece um turismo ecológico de destaque nacional, contando ainda com uma grande quantidade de lagoas, grutas e rios.

A Lagoa da Gaíva ou a Gruta do Barreiro, por exemplo, são opções bastante visitadas. E para quem gosta de cachoeiras, a Piraputanga é uma queda d’água belíssima, que encanta quem conhece a região.

5. Barão do Melgaço

Barão do Melgaço
Fonte: A. Duarte (Flickr)

Ainda dentro do Mato Grosso do Sul, outra importante cidade pantaneira é Barão de Melgaço, que fica a cerca de 109 km de Cuiabá.

Essa proximidade com a capital do estado é um ponto bem importante a se considerar, possibilitando um acesso facilitado.

A cidade é bem pequena e reserva uma aventura bastante tradicional das atividades principais do Pantanal.

Ela é banhada pelo Rio Cuiabá, um dos mais importantes de toda a região, e apresenta muitos traços da arquitetura do século XIX, em casarões antigos.

O município tem o turismo como a sua principal fonte de renda, e embora pequeno busca oferecer boas estadias para os visitantes.

Além dos atrativos do Pantanal, e da riqueza da sua flora e fauna, Barão do Melgaço conta ainda com muitas belezas naturais.

Esse é o caso da Baía de Chacororé, um dos principais cartões postais do município, ocupando uma área de cerca de 11.000 hectares.

Quando se trata de capacidade de alagação, a cidade realmente é um destaque inigualável. Isso porque, na época das chuvas, cerca de 97% de toda a área pertencente a Barão do Melgaço fica alagada.

Isso tudo mostra bastante da riqueza de atrativos que ela oferece, dentro dessas características pantaneiras.

6. Porto Murtinho

Porto Murtinho
Fonte: nicholas m. (Flickr)

Agora, voltando novamente para o Mato Grosso do Sul, outra que está entre as melhores cidades do Pantanal é Porto Murtinho.

Ela fica a cerca de 439 km de Campo Grande e, apesar da distância, conta com a característica de ficar ao lado de outros dois municípios pantaneiros: Miranda e Corumbá.

Além disso, também faz divisa com Bonito/MS, oferecendo essa possibilidade de um passeio pelos atrativos da região.

Na parte oeste, Porto Murtinho tem como limite o Rio Paraguai, na divisa com o país vizinho. Por isso, fora todas as atividades pantaneiras e o turismo que ela gera, a pescaria também é um atrativo importante do município.

O Rio Paraguai possui uma grande diversidade de peixes, e é justamente isso que torna a área tão propícia para os pescadores.

A cidade conta ainda com pontos turísticos relevantes, como o Morro Pão de Açúcar, o Morro Celina e a Cachoeira do APA.

7. Santo Antônio do Leverger

Santo Antônio do Leverger
Fonte: oscarbcna (Flickr)

Finalizando nossa lista, temos o município de Santo Antônio do Leverger, que fica no Mato Grosso.

São apenas 34 km que separam essa cidade da capital do estado, Cuiabá, ou seja, pode ser mais uma opção prática para você incluir no seu roteiro.

Em Santo Antônio do Leverger, um dos passeios mais indicados é o Caminho das Águas.

Trata-se de um percurso feito de barco que permite observar o meio ambiente e natureza locais, bem como conhecer, também, usinas antigas de álcool e açúcar da região.

Conclusão

Conhecer o Pantanal é uma viagem realmente incrível e que reserva muitas aventuras (por isso, fizemos vários pacotes para o Pantanal).

E como foi possível observar, embora seja o menor bioma brasileiro, ele está presente em um amplo território.

Afinal, as cidades apresentadas, apesar de serem algumas das melhores opções para curtir um passeio pelo Pantanal, não são as únicas que integram a região.

O melhor de tudo é que cada um dos municípios apresenta características próprias, proporcionando uma viagem diferente a depender de cada escolha.

Então, há diferenças entre os tipos de hotéis, barco de locomoção, atrativos naturais, hotéis fazenda e muito mais. Sem falar, é claro, nas alternativas entre o Pantanal sul mato-grossense e o de Mato Grosso.

De todo modo, o contato com a natureza e com animais imponentes, como a onça-pintada ou a sucuri, são pontos em comum da carrega.

Quando for ao Pantanal, você também poderá se deliciar com comidas típicas da região Centro-Oeste, tais como a paçoca de pilão e o prato “Maria Izabel”.

Por isso, vale muito a pena conhecer a região pantaneira e se aventurar nos passeios de barco pela água doce do bioma.

E então, gostou das nossas dicas? Reserve seus passeios com a Roteiro Bonito MS hoje mesmo, por e-mail ou por WhatsApp, e venha conhecer esse paraíso!

Thiago Araújo

Tenho 30 anos. Sou esposo da Flávia e pai de 3 lindos meninos: Kauã, Kaio e Lorenzo. Sou um empreendedor apaixonado por Bonito/MS. Amo viajar e também gosto de mostrar o melhor que minha cidade tem para quem vem nos visitar. Conte com a minha ajuda.

[GRÁTIS] Guia com Todos os Passeios e Valores de Bonito

Conheça os valores atualizados dos passeios e poupe horas na montagem do roteiro.

Solicite agora gratuitamente.