roteiro bonito agência de turismo em bonito

Pontos Turísticos de Bonito: 17 Lugares Que Você Deve Ir

Planejando conhecer os pontos turísticos de Bonito? Pois aqui você fica por dentro dos melhores passeios a se fazer em Bonito/MS.

A cidade, localizada no Mato Grosso do Sul, a 300 km da capital Campo Grande, é berço do ecoturismo do Brasil e um dos pontos turísticos do país.

São cachoeiras, grutas, rios de água cristalina, atividades radicais – como stand up paddle, caiaque e bote – e muitos outros atrativos incríveis.

Mas como há tantos lugares e bons motivos para visitar em Bonito, vale a pena focar nos pontos turísticos da região, ainda mais se você não puder ficar muito tempo na cidade.

Acompanhe tudo com a agência Roteiro Bonito MS!

Quais os melhores pontos turísticos de Bonito, no Mato Grosso do Sul?

Quando se fala em Bonito, no Mato Grosso do Sul, é impossível não pensar nos diversos atrativos desse ponto turístico, sendo que o principal é tomar banho nas águas cristalinas em alguns passeios.

Porém, são mais de 30 atrações e nem sempre dá para visitar todas elas em 5 dias na cidade, o que implica em um planejamento financeiro maior.

Então, para que você possa montar seu roteiro de viagem apenas com os pontos turísticos em Bonito, aqui vai a nossa lista de passeios:

  1. Gruta do Lago Azul
  2. Aquário Natural
  3. Rio da Prata
  4. Rio Sucuri
  5. Boca da Onça
  6. Serra da Bodoquena
  7. Lagoa Misteriosa
  8. Nascente Azul
  9. Parque das Cachoeiras
  10. Balneário do Sol
  11. Gruta São Miguel
  12. Projeto Jiboia
  13. Ceita Corê
  14. Estância Mimosa
  15. Rio do Peixe
  16. Buraco das Araras
  17. Abismo Anhumas

Agora vamos descobrir o que fazer em Bonito nesses atrativos da região do Mato Grosso do Sul. Tome seu café da manhã no hotel e prepare-se para essas aventuras!

1. Gruta do Lago Azul, um dos principais pontos turísticos em Bonito/MS

O primeiro ponto turístico de Bonito, que é parada obrigatória para todos os turistas, é a Gruta do Lago Azul, o maior cartão-postal da cidade.

Primeiramente, esse é um passeio de contemplação, pois não é permitido entrar em suas belas águas azuladas por ser uma área de preservação ambiental. Porém, isso não o torna um atrativo menos interessante em Bonito – pelo contrário!

Como Bonito é um destino do ecoturismo, todas as belezas do lugar estão concentradas em sua rica fauna e flora, uma natureza abundante, tanto do lado de fora quanto dentro das cavernas.

E uma das melhores coisas a se fazer na Gruta Lago Azul é admirar suas águas recebendo o feixe de luz solar, que adentra por uma fenda da caverna pela manhã.

Há indícios de que a cor azulada é resultado dessa incidência do sol sobre o calcário no fundo da lagoa azul.

No mais, os turistas vão encontrar fósseis de alguns animais, como o tigre-dentes-de-sabre, além de espeleotemas incríveis.

Quando ir à Gruta do Lago Azul?

Ao montar seu roteiro, tenha em mente que nem todos os passeios devem ser feitos o ano todo. No caso da Gruta do Lago Azul, a melhor época para contemplar suas águas azulzinhas é na alta temporada, isto é, no verão.

Contudo, é a mesma época de chuvas que pode tornar a escadaria escorregadia, além de ser impossível ver os peixinhos, porque eles procuram a nascente para desovar.

Rio subterrâneo magnífico
Gruta do Lago Azul

Se surpreenda com uma descida de 200 metros, com mais de 300 degraus, contendo um belíssimo lago com uma tonalidade azul que varia conforme a incidência de luz solar dentro da gruta. A beleza do lago e da gruta são dignos de visitação e contemplação

Ver PasseioFalar com Especialista

2. Aquário Natural

aquário natural de bonito

Você gostaria de ter a sensação de estar dentro de um enorme aquário de peixes? Pois esse é mais um dos pontos turísticos em Bonito/MS.

O Aquário Natural tem acesso por uma nascente de água doce onde os turistas podem mergulhar entre os peixes e se encantarem pela vegetação subaquática.

Esse é um dos melhores passeios em Bonito para fazer flutuação com a família e admirar a fauna e flora dentro e fora do Aquário Natural. Afinal, os atrativos do local não se limitam à flutuação.

Os visitantes também podem contemplar os animais da região e se aventurar na tirolesa que acontece no encontro entre o Rio Formoso e o Rio Formosinho.

Quando ir ao Aquário Natural?

Como se trata de um ambiente aberto e muito procurado para flutuação, muitas famílias viajam a Bonito na alta temporada. Afinal, é tempo de sol e calor, perfeita combinação para tomar um banho nas águas transparentes do rio.

Por outro lado, é bom evitar os dias de chuva forte, que ocorrem com mais frequência no verão.

Uma das flutuações mais procuradas
Flutuação no Aquário Natural

A flutuação no Aquário Natural de Bonito é uma das mais procuradas pelos visitantes, por se tratar de uma atividade na nascente do rio. Antes da flutuação você receberá todo o equipamento necessário e passará por um treinamento com o instrutor, para que tudo ocorra bem!

Ver PasseioFalar com Especialista

3. Rio da Prata

mergulho rio da prata bonito ms

O Rio da Prata faz parte das excursões aquáticas mais populares de Bonito. Isso se deve ao seu tamanho e à variedade de espécies de peixes localizadas no Rio Olho d’Água.

São peixes do Pantanal, como os famosos piraputangas, pacus, dourados e outras espécies que encantam quem entra em suas águas.

A partir do Rio Olho d’Água, os turistas fazem a flutuação até o Rio da Prata, onde podem continuar o passeio por mais 500 metros.

E, como se trata de um Recanto Ecológico, os peixes não são os únicos atrativos do lugar.

Há também a presença de aves (mais de 200 espécies registradas), como o Periquito-da-Serra, Socó-Boi e o Acauã. Vale a pena a visita!

Quando ir ao Rio da Prata?

Evite o período de chuvas. Embora elas possam aparecer no inverno (baixa temporada), elas são mais comuns na estação úmida (verão).

Um dos passeios mais bonitos e famosos da região
Flutuação no Rio da Prata

A flutuação Rio da Prata é uma das melhores atrações do país. Ele recebeu 5 estrelas em 2008 e 2009, um prêmio raro que apenas poucas atrações já conquistaram. Além disso, o programa recebeu o prêmio Traveller’s Choice 2021, o que faz desse um passeio que você não pode perder!

Ver PasseioFalar com Especialista

4. Rio Sucuri

flutuação rio sucuri

O Rio Sucuri também faz parte das excursões aquáticas de Bonito, mas é um dos pontos turísticos mais procurados pelos viajantes. Isso porque suas águas são as mais límpidas e cristalinas da região do Mato Grosso do Sul e do mundo!

A visita é inesquecível. Por lá, você tem a chance de fazer a flutuação no Rio Sucuri, tanto pela sua nascente quanto na Barra do Rio Sucuri com o Rio Formoso.

Caso você esteja na Barra do Sucuri, pode desfrutar do Refúgio da Barra ao final da flutuação. Trata-se de um balneário com decks exclusivos e mais de 100 metros de área para banho.

Quando ir ao Rio Sucuri?

Prefira a baixa temporada, já que a incidência de chuvas é bem menor e os preços costumam ser mais econômicos.

Isso não significa que seja péssima a ideia de visita ao Rio Sucuri na estação úmida, mas pode ser um risco pegar um temporal, por exemplo.

Nade em águas cristalinas e com poucos peixes
Flutuação no Rio Sucuri

O Rio Sucuri é não apenas um dos principais rios da região, mas também um dos mais procurados do país. Após uma pequena trilha através de algumas nascentes de águas cristlinas, você chegará ao deck onde se iniciará a flutuação no Rio Sucuri, bem pertinho dos peixes!

Ver PasseioFalar com Especialista

5. Boca da Onça

boca da onça

A cachoeira Boca da Onça é a mais alta do Mato Grosso do Sul, por isso, está em nossa lista de pontos turísticos de Bonito.

Localizado em Bodoquena, os turistas têm a oportunidade de fazer um tour pelas trilhas e cachoeiras da Boca da Onça, como a trilha Adventure e Discovery.

Passando por uma mata totalmente preservada, o passeio engloba uma aventura de rapel, o maior do Brasil, diante do Canyon do Rio Salobra, com uma vista de cair o queixo.

Ao todo são mais de sete cachoeiras, visual incrível da vegetação da Serra da Bodoquena e muita adrenalina para quem vai usar o rapel durante a visita.

Quando ir à Boca da Onça?

Precisa dizer que fazer rapel debaixo de chuva não é uma boa ideia? Pois estamos aqui para lembrar que chuva combina bem com passeios internos, a menos que seja uma chuvinha leve.

Do contrário, dê sempre preferência ao inverno para visitar alguns pontos turísticos de Bonito, como a Boca da Onça.

Lindas nascentes e cachoeiras
Cachoeira Boca da Onça

A cachoeira Boca da Onça é uma atração por si só, mas não é a única ali disponível. Maravilhe-se também através de diversas trilhas pela natureza, nascentes e diversas outras cachoeiras que irão te maravilhar, para os mais aventureiros é até mesmo possível praticar rapel na cachoeira!

Ver PasseioFalar com Especialista

6. Serra da Bodoquena

cachoeira serra da bodoquena

E, já que citamos a Bodoquena, não poderíamos deixar de mencionar as belíssimas cachoeiras da Serra, um dos lugares mais esplendorosos do Mato Grosso do Sul.

Localizada a 70 km de Bonito em uma área onde há reservas da Mata Atlântica e Pantanal, a Serra de Bodoquena é um passeio rico em fauna e flora abundantes, com 350 hectares de mata preservada.

Além de trilhas para cachoeiras e piscinas naturais, há também duas grutas em seu estado natural e um passeio de bote pelo Rio Betione.

Quando ir à Serra da Bodoquena?

O inverno é sempre perfeito para garantir um banho de cachoeira na serra. Por outro lado, é no verão que há mais vazão de água.

Um complexo de cachoeiras deslumbrantes
Cachoeira da Serra da Bodoquena

Não perca a chance de conhecer esse complexo de cachoeiras, com diversas trilhas guiadas magníficas e piscinas naturais para você se banhar e 'lavar a alma'. Além disso, há também um almoço delicioso com todos os pratos típicos da região de Bonito, para você embarcar de vez no clima local!

Ver PasseioFalar com Especialista

7. Lagoa Misteriosa

lagoa misteriosa

A dolina da Lagoa Misteriosa possui 75 metros de profundidade, coberta por uma belíssima vegetação, e convida para um mergulho de batismo que pode ser feito a partir de 10 anos de idade.

Com duração de aproximadamente 40 minutos, você mergulha em águas cristalinas, mas tão cristalinas, que é possível admirar a vida marinha nas profundezas, como se fosse um grande abismo.

A propósito, ninguém sabe ao certo qual o tamanho da profundidade da Lagoa Misteriosa – por isso, o mistério. O que se sabe é que, pelo menos, a atração tem 200 metros de profundidade.

Caso não saiba quais passeios combinam com esse atrativo, experimente conhecer o Buraco das Araras ou fazer flutuação no Rio da Prata.

Quando ir à Lagoa Misteriosa?

Assim como algumas atrações turísticas mencionadas neste artigo, a Lagoa Misteriosa também não é um bom passeio durante o verão.

Isso porque é nesse período de estação úmida que há maior proliferação de algas, impedindo a flutuação e mergulho no local.

Mergulhe em um local sem fudo
Flutuação na Lagoa Misteriosa

Você já pensou em flutuar em um local em que a profundidade não é conhecida? Pois essa é exatamente a proposta da lagoa misteriosa! Nela, além de flutuar você ainda poderá mergulhar, e explorar um pouco mais dessas águas misteriosas. Um passei para quem tem coragem!

Ver PasseioFalar com Especialista

8. Nascente Azul

balneário nascente azul

Outro na lista de pontos turísticos de Bonito é a Nascente Azul, um passeio ideal para fazer com crianças.

A caminhada feita pela trilha suspensa permite um contato maior com a natureza até chegar à Nascente Azul, com incríveis tons de azul e possibilidade de mergulho e flutuação.

Durante a rota, a família toda se diverte nas cachoeiras, na piscina ecológica e nas usinas em miniatura, e também aproveita para tirar fotos de animais nativos, como macacos e antas.

Além da flutuação, na Nascente Azul também tem um balneário com quiosque e uma praia da Capela, com espreguiçadeira, tirolesa e restaurante. É uma das mais belas atrações turísticas de Bonito/MS.

Quando ir à Nascente Azul?

A flutuação, como é de se esperar, é melhor realizada durante o inverno. Aproveita e leva a criançada nas férias escolares de julho!

Mesmo sendo justamente na época de baixa temporada, as férias são consideradas alta temporada.

Flutuação que não pode faltar no roteiro
Flutuação na Nascente Azul

O passeio é feito a partir da nascente do Rio Bonit, por meio de uma trilha de cerca de 300 metros que te leva até o local de se equipar para realizar a flutuação. Depois do passeio curta um delicioso almoço e aproveitar a estrutura do Balneário Nascente Azul.

Ver PasseioFalar com Especialista

9. Parque das Cachoeiras

parque das cachoeiras

Cachoeira é um dos atrativos mais procurados de Bonito/MS, basicamente, uma parada obrigatória na cidade.

Para relaxar, tomar um banho em uma das sete cachoeiras banhadas pelo Rio Mimoso, contemplar a fauna e flora local e saltar de uma tirolesa de sete metros de altura, o Parque das Cachoeiras é perfeito!

Inclusive, para quem visitar a Estância Mimosa (falaremos dela mais adiante), saiba que o circuito de cachoeiras acontece do lado oposto ao Parque, mas ambas pertencem a proprietários diferentes.

Por lá, há também pequenas grutas para quem não dispensa uma caverna, mas o principal mesmo é a cachoeira e o seu visual deslumbrante com linda vegetação em seu entorno.

Quando ir ao Parque das Cachoeiras?

As cachoeiras são muito bem admiradas durante a estação úmida, ainda mais porque é no calor que esse passeio é bem-vindo. No entanto, o atrativo pode ser cancelado se houver temporais.

Para os amantes de cachoeiras
Parque das Cachoeiras

Tudo começa com uma caminhada ecológica, que oferece uma purificação e conexão com a natureza, que faz muito bem para a saúde mental. Ao todo o parque conta com 7 cachoeiras, ou seja, você terá a oportunidade de se banhar em até 7 lugares diferentes!

Ver PasseioFalar com Especialista

10. Balneário do Sol

balneário do sol

Balneário do Sol é um daqueles lugares ideais para passar o dia todo com a família. Sabe os famosos passeios de domingo, que incluem praia, farofa e um bom descanso na sombra? Pois esse balneário é tudo isso e mais um pouco.

Os turistas podem levar comida para fazer churrasco – tem churrasqueira no atrativo – e contemplar o Rio Formoso.

Há também atividades livres, como futebol de areia, parque infantil, biribol, sinuca, tirolesa, trampolim, banhos na piscina natural ou na cachoeira e fotos, muitas fotos de animais.

Sem dúvidas, as crianças vão amar esse lugar, ainda mais porque fica às margens do Rio Formoso.

Quando ir ao Balneário do Sol?

Na baixa temporada, com certeza! Assim, você aproveita a manhã e a tarde inteira com a família e se diverte com os atrativos disponíveis no local.

Para curtir em família
Balneário do Sol

O Balneário do Sol foi especialmente criado para a diversão de diversas famílias, todas em contato com a natureza e aproveitando as atividades que o Balneário do Sol oferece. Mas claro, todas suas atrações oferecem diversão tanto para grupos quanto individualmente, ou seja, você não irá se arrepender!

Ver PasseioFalar com Especialista

11. Gruta São Miguel

gruta sao miguel

Entre as grutas da região, a de São Miguel é a mais equipada e perfeita para exploradores.

É que, diferente das outras grutas, como o Abismo Anhumas e o Lago Azul, aqui você tem uma visão ampla dos espeleotemas, como estalagmites e estalactites, pois não estão todos submersos.

Assim, você consegue admirar ainda mais as belezas desse cenário esplendoroso que é essa caverna.

Sem contar que, após o trajeto de 200 metros de extensão pela trilha suspensa e todo o caminho feito para explorar a gruta, os visitantes retornam ao receptivo em um carrinho elétrico. Dessa forma, ninguém se cansa.

Chegando no receptivo, a infraestrutura aguarda por você. Tem wi-fi, bar, banheiros e venda de artesanato dos nativos da região.

Definitivamente, é uma das melhores cavernas de Bonito/MS.

Quando ir à Gruta de São Miguel?

Por ser uma caverna, é natural que esse seja um passeio bom para os dias de chuva, no entanto, se a chuva vier forte, o atrativo é cancelado.

Por isso, a melhor época para ir a Bonito e explorar a gruta sem medo de temporal é na estação seca, isto é, entre maio e setembro.

Uma das mais belas grutas de Bonito
Gruta de São Miguel

A Gruta de São Miguel propicia passeios contemplativos subterrâneos repletos de formações geológicas, principalmente, de espeleotemas formados há milhares de anos. Os passeios começam pelas pontes que ficam suspensas junto às copas das árvores. Desse modo, é um dos pontos turísticos mais próximos do município de Bonito

Ver PasseioFalar com Especialista

12. Projeto Jiboia

projeto jiboia

Nunca viu, mas tem curiosidade de ver de perto uma cobra?

O Projeto Jibóia faz parte de um dos pontos turísticos de Bonito/MS e oferece a oportunidade aos curiosos e entusiastas das cobras do Brasil de observar e até tocar em uma Jibóia.

Mas o projeto vai além de matar a curiosidade dos visitantes. A ideia é levar conhecimento sobre essa espécie de cobra, falando sobre suas características e qual seu potencial de veneno.

Spoiler: a Jibóia não é peçonhenta como muitos imaginam.

Quando ir ao Projeto Jibóia?

Qualquer época do ano é boa para conhecer o Projeto Jibóia. Faça chuva ou faça sol, o local é um dos pontos turísticos que pode ser uma alternativa caso você não saiba o que fazer em Bonito à noite.

Passeio para corajosos
Projeto Jiboia

A ideia deste programa é trazer a todos uma experiência diferente, focada na educação ambiental sobre esta espécie: a jiboia. No projeto, são apresentadas diversas curiosidades e mais algumas dicas sobre esta espécie, e conhecimentos sobre a vida das serpentes. Que tal até mesmo colocar uma cobra no seu pescoço?

Ver PasseioFalar com Especialista

13. Ceita Corê

fazenda ceita corê

Situada em uma tradicional fazenda do Mato Grosso do Sul, o passeio pela Ceita Corê é um dos melhores a se fazer em Bonito/MS.

Os visitantes caminham por uma trilha de 4.000 metros e passam por seis paradas de banho nas cachoeiras do Vale do Chapeninha.

Mais tarde, é hora de conhecer uma caverna submersa com mais de 100 metros de profundidade e água cristalina.

Entre um passeio e outro bate aquela fome, mas você não precisa se preocupar. Quando o guia retorna o grupo ao receptivo após a trilha, os turistas podem almoçar no local.

A comida é regional e com direito ao famoso doce de leite do Mato Grosso do Sul. Impossível sair de Bonito sem experimentar esse doce artesanal e fresquinho. A experiência é realmente única!

Quando ir à fazenda Ceita Corê?

A melhor época para ir a Bonito visitar a fazenda Ceita Corê é durante os dias secos, já que em dias chuvosos alguns atrativos podem ser cancelados.

Então, para não correr riscos e conseguir aproveitar tudo, ainda mais com crianças, experimente ir nas férias escolares de julho.

Hospedagem com diversas atrações
Fazenda Ceita Corê

Hospede-se em uma incrível fazenda, com um café da manhã colonial e diversas atrações magnífica ao redor. São várias as cachoeiras de água cristalina bem ao lado para você dar um pulinho e se refrescar nas águas. Além disso, são vários outros passeios para entrar em contato com a natureza!

Ver PasseioFalar com Especialista

14. Estância Mimosa

estância mimosa

Outro lugar perfeito para cavalgar e observar a variedade de aves é na Estância Mimosa, um dos melhores pontos turísticos em Bonito/MS.

Eis a oportunidade perfeita para trilhar um caminho em meio a mata ciliar, repleta de árvores centenárias, animais silvestres, piscinas naturais, cachoeiras e nove paradas para banho.

O percurso é feito por meio de um barco elétrico, com um guia experiente tomando conta de tudo.

Em mais de 3h de passeio, é possível ter uma visão ampla e panorâmica da Serra da Bodoquena e curtir essa tradicional fazenda do Mato Grosso do Sul.

Depois, é hora de curtir a culinária fazendeira da Estância Mimosa e experimentar o melhor da comida feita no fogão à lenha.

Quando ir à Estância Mimosa?

Para aproveitar esse ponto turístico da melhor maneira possível, vale a pena visitá-lo na baixa temporada, quando os preços estão mais em conta.

Para quem deseja conhecer a fauna e flora
Estância Mimosa

Entre em contato com aquele charme característico de fazendas que preservam as características das antigas sedes, de frente a um lago e com uma bica de água no interior do estabelecimento. Além disso, a Estância Mimosa é o cenário ideal para realizar belíssimos ensaios fotográficos!

Ver PasseioFalar com Especialista

15. Rio do Peixe

cachoeiras do rio do peixe

Outro passeio que faz parte da lista de pontos turísticos de Bonito e que você não pode ignorar em sua viagem é o Rio do Peixe.

Com mais de 2.000 metros de percurso em trilhas, o guia leva os visitantes pelas cachoeiras, grutas, piscinas naturais e uma tirolesa.

Trajeto interessante para observar araras, tucanos e macacos. Perfeito para uma foto inesquecível!

Quando ir ao Rio do Peixe?

Qualquer época do ano. Apenas tenha atenção nos dias chuvosos, pois o passeio poderá ser cancelado.

Um dos destinos mais belos
Cachoeira do Rio do Peixe

São onze cachoeiras incríveis para explorar. Incluindo a Cachoeira da Grutinha, onde os peixes nadam entre os visitantes das águas. Além disso, essa também é uma experiência para quem quer conhecer mais sobre a vegetação da Serra da Bodoquena e animais da fauna do lugar, como macaquinhos, tucanos e araras.

Ver PasseioFalar com Especialista

16. Buraco das Araras

buraco das araras

Que tal conhecer o habitat natural das araras vermelhas em Bonito e um dos pontos turísticos da região? Depois de conhecer algumas grutas, cachoeiras, o Rio Formoso e as águas cristalinas das piscinas naturais, um bom passeio pela natureza também inclui o Buraco das Araras.

O local possui 100 metros de profundidade e 500 metros de circunferência com formações geológicas incríveis, que abrigam desde araras a outras aves, como Falcão, Gralha e Pica-Pau.

A rica fauna e flora da Bodoquena se fazem presentes nesse espaço que é um dos melhores e mais bonitos pontos turísticos em Bonito. Vale muito a pena a viagem a essa cidade do Mato Grosso do Sul!

Quando ir ao Buraco das Araras?

Os dias secos e ensolarados são os melhores para visitar o Buraco das Araras. Contudo, se você der sorte de não pegar chuva durante o verão, essa é a época que a vegetação está mais verde e o lugar ainda mais bonito.

Excelente opção de ecoturismo
Buraco das Araras

Um incrível passeio em meio à natureza, em uma incrível formação geológica, entre a fauna e a flora brasileira. Além de observar a natureza, as araras e todos os outros animais que vivem por ali, você também pode aproveitar para praticar rapel, um atrativo para os aventureiros de plantão!

Ver PasseioFalar com Especialista

17. Abismo Anhumas

abismo anhumas

Um dos passeios mais profundos e “aventurescos” de Bonito/MS é também o mais caro: Abismo Anhumas.

Os visitantes descem por uma fenda a mais de 70 metros de altura até alcançar o interior da caverna, que de tão grande pode ser comparada a um campo de futebol!

Um dos grandes destaques do local é realizar o mergulho com cilindro para ter uma boa visibilidade de sua água e da floresta de cones submersa.

A vantagem agora é que o guia leva os visitantes em uma cadeira de elevação elétrica no lugar do rapel. É mais comodidade em um dos pontos turísticos de Bonito mais impressionantes da cidade.

Quando ir ao Abismo Anhumas?

A baixa temporada, durante os dias mais secos, é a melhor época para conferir o Abismo Anhumas.

Uma experiência inesquecível
Abismo Anhumas

Passei ideal para todos os aventureiros, não sendo necessário saber nada de rapel para isso, pois você será ensinado na hora. E, mesmo que você não tenha prática nenhuma, pode só ser içado e descido pela caverna com o auxílio de equipamentos. Vale a pena testar!

Ver PasseioFalar com Especialista

Dicas importantes sobre os pontos turísticos de Bonito

Agora que você conheceu os 17 pontos turísticos de um dos melhores destinos do Brasil, aqui vai uma pequena lista de dicas rápidas para aproveitar bastante o passeio por essa deslumbrante natureza:

  • Viaje na baixa temporada se quiser economizar nas passagens aéreas e nos passeios sem deixar de lado o contato com a natureza exuberante do local;
  • A baixa temporada também é ideal para passeios de stand up, bote e caiaque nos rios, seja no Parque Ecológico Rio Formoso, no Hotel Cabanas ou no Porto da Ilha;
  • Não deixe de seguir as recomendações do guia, como usar roupas de neoprene, colete salva vidas e evitar protetor solar e repelente durante a flutuação em Bonito;
  • Use transfer ao desembarcar no Aeroporto de Campo Grande.

Depois dessas dicas de passeios e de como desfrutar bastante de Bonito, que tal reservar seu passeio com antecedência com a Roteiro Bonito MS? Entre em contato por e-mail ou WhatsApp e venha conhecer esse paraíso!

FAQ

Qual o local mais visitado em Bonito?

A Gruta do Lago Azul é, com certeza, um dos pontos turísticos mais belos de Bonito e o cartão-postal mais visitado da cidade.

O que conhecer na cidade de Bonito?

Todo o ecoturismo de Bonito, claro! O ponto alto da cidade de Bonito é justamente apreciar sua natureza, seja em belas cachoeiras e suas piscinas naturais, ou visitando as cavernas de água cristalina.

Thiago Araújo

Tenho 30 anos. Sou esposo da Flávia e pai de 3 lindos meninos: Kauã, Kaio e Lorenzo. Sou um empreendedor apaixonado por Bonito/MS. Amo viajar e também gosto de mostrar o melhor que minha cidade tem para quem vem nos visitar. Conte com a minha ajuda.

[GRÁTIS] Guia com Todos os Passeios e Valores de Bonito

Conheça os valores atualizados dos passeios e poupe horas na montagem do roteiro.

Solicite agora gratuitamente.