roteiro bonito agência de turismo em bonito

Roteiro de 1 Dia no Pantanal: 3 Opções Para Sua Viagem

Está em busca de um roteiro de 1 dia no Pantanal? Então, que tal conferir não apenas uma, mas 3 opções para a sua viagem?

O Pantanal brasileiro é um grande destaque turístico mundial, por ser a região alagável de maior extensão do planeta, dona de uma biodiversidade única, com espécies deslumbrantes como a onça-pintada.

Por isso, todos os anos, milhares de pessoas se aventuram desbravando a região, através de passeios inesquecíveis.

Roteiro de 1 Dia no Pantanal: confira 3 ótimas opções

No Brasil, o Pantanal se estende pelos territórios de Mato Grosso (MT) e também de Mato Grosso do Sul (MS), no Centro-Oeste.

Por isso, para curtir um dia de viagem nas áreas pantaneiras, é preciso se programar para visitar um desses dois estados.

Embora os principais tipos de passeios sejam unânimes em ambas as regiões, cada um deles oferece também atrativos próprios, com cidades distintas umas das outras.

Neste artigo, você vai conferir opções de roteiros em 3 municípios diferentes, tanto no Pantanal Norte quanto no Sul, dando mais alternativas para a sua escolha. Confira!

Roteiro de 1 Dia no Pantanal: 1ª opção

Corumbá
Fonte: José Eduardo Nucci (Flickr)

Nossa primeira dica de roteiro é pela cidade de Corumbá, no estado de Mato Grosso do Sul.

Esse é um município que possui uma grande quantidade de atrativos pantaneiros, e não à toa é uma das mais visitadas do território.

O melhor de tudo é que trata-se de uma das cidades mais populosas do estado, com 110 mil pessoas, e consequentemente tem uma infraestrutura muito adequada para receber os turistas.

Ela está a 426 km de distância de Campo Grande, que é a capital do estado, e o deslocamento até o destino acontece por meio da BR-262.

A cidade fica na divisa com a região da Bolívia, sendo cortada pelo Rio Miranda e também pelo próprio Rio Paraguai.

Fazer o trajeto da Estrada Parque Pantanal

Estrada Parque Pantanal
Fonte: Andrew Mercer (Flickr)

Um diferencial do município de Corumbá/MS é a presença da Estrada Parque Pantanal, um dos cartões postais da região.

Embora atualmente o acesso ao seu território aconteça em via asfaltada, nem sempre foi assim, e antigamente era por essa estrada que as comitivas seguiam até a cidade.

Como a intenção era criar um percurso contínuo, que ficasse firme mesmo nos momentos de cheia no Pantanal, há uma grande quantidade de pontes vazantes durante o trajeto.

Ao todo, são 70 pontes que enfeitam ainda mais o caminho, tornando a aventura realmente um passeio imperdível.

São 120 km de extensão, cortando uma grande parte do território pantaneiro, o que permite observar por completo a fauna e flora do local, que é uma das mais ricas do mundo.

Cavalgada no Pantanal

Cavalgada pelo Pantanal
Fonte: Alexandre C. Marques (Flickr)

Outra atividade imperdível em Corumbá são as cavalgadas, sendo esses os passeios mais característicos do Pantanal.

Na verdade, é praticamente impossível viajar para uma cidade pantaneira e não buscar se aventurar nesse tipo de atração.

Afinal, os cavalos têm um papel muito mais que turístico na região, tendo uma ligação cultural com esse povo.

Eles são os meios de locomoção dos peões e dos boiadeiros, que ajudaram a criar a identidade histórica do estado.

Por serem acostumados com o trato humano, os animais utilizados para as cavalgadas são dóceis e devidamente treinados. Portanto, não há com o que se preocupar.

Roteiro de 1 Dia no Pantanal: 2ª opção

caceres
Fonte: trip2gether (TripAdvisor)

A segunda alternativa de roteiro pelo Pantanal brasileiro agora é no estado de Mato Grosso, mais precisamente na cidade de Cáceres/MT.

No estado, esse é o principal destino pantaneiro, uma vez que reserva uma grande quantidade de passeios em seu território.

O município está a cerca de 218 km de distância de Cuiabá, que é a capital mato-grossense, e faz divisa com o território boliviano.

Por lá, além dos atrativos pantaneiros em si, há alguns outros destinos que vale a pena dar uma passadinha. Esse é o caso, por exemplo, do Marco De Jauru, que é um monumento histórico da cidade.

Trata-se de uma estrutura de pedra de lioz, feita em Lisboa (Portugal), e trazida para o Brasil no ano de 1754, tendo uma importância fundamental na história do estado, que na época ainda era uma capitania portuguesa.

Outro ponto importante a se mencionar é que Cáceres é uma região com um turismo ecológico voltado também para suas cachoeiras, grutas, lagos e rios, como a Gruta do Barreiro e a Lagoa da Gaíva.

Não à toa, o município é melhor alternativa para o que fazer no pantanal matogrossense em 1 dia.

Safári Fotográfico

Safári pelo Pantanal
Fonte: One more shot Rog (Flickr)

Assim como acontece bastante na exploração das savanas da África, no território pantaneiro, o safári também tem um lugar de destaque.

Nesse caso, os visitantes percorrem, em um carro aberto, uma longa extensão da região, observando e fotografando os principais detalhes da paisagem.

O mais interessante dessa aventura é justamente a cobertura do território que se consegue atingir.

E tudo isso sem perder nenhum ponto importante do trajeto, já que são muitos olhos atentos a cada animal que aparece no caminho, ou de uma árvore ou outro local chamativo.

Aproveitar os destinos ecoturísticos de Cáceres

Como já mencionado, além de todos os atrativos característicos do Pantanal do Mato Grosso, a cidade de Cáceres/MT também é um destaque por suas outras belezas naturais.

Assim, vale a pena tirar um tempinho do roteiro de 1 dia no Pantanal para aproveitar ao menos um desses destinos, enquanto desbrava o território.

No município, os pontos mais relevantes são a Lagoa da Gaíva, a Gruta do Barreiro e também a Cachoeira da Piraputanga.

Focagem Noturna

Focagem noturna
Fonte: Mkt Ideiatours (Flickr)

Mais uma aventura que vale a pena conferir no Pantanal mato-grossense é a chamada focagem noturna.

De uma forma geral, esse é um passeio que acontece durante a noite e oferece resultados significativos para os visitantes.

Afinal, nesse período, há a atividade de muitos outros animais, que preferem caçar e se alimentar ao cair da noite.

A observação dos jacarés, por exemplo, que contam com muitos indivíduos vivendo no Pantanal, acontece justamente nesse momento. Além do mais, a visualização de jaguatiricas, onças-pintadas e outros bichos também é facilitada.

Vale lembrar que a focagem ocorre tanto na água, com os barcos, quanto em trechos de terra firme, seja em cavalos ou então em carros.

E como um presente especial, os aventureiros conseguem ter uma visão privilegiada do céu noturno pantaneiro, que é repleto de estrelas.

Roteiro de 1 Dia no Pantanal: 3ª opção

Miranda Pantanal
Fonte: Luciano Justiniano (Flickr)

Por fim, a 3ª alternativa de roteiro pelo território pantaneiro é na cidade de Miranda, novamente no estado de Mato Grosso do Sul.

O ponto mais positivo desse destino é que ele está mais próximo da capital do estado, no percurso entre Campo Grande e Corumbá.

A cidade conta com a presença de muitas pousadas e fazendas para hospedagem, como a Fazenda San Francisco.

E a presença do Rio Miranda, um dos mais importantes da região, torna a cidade um espaço repleto de atrativos.

Assim, é possível curtir o melhor que o Pantanal tem a oferecer, com as melhores alternativas de passeios.

Pesca de piranhas

Pescaria Pantanal
Fonte: Ricardo (Flickr)

Quem viaja para essa área do Pantanal Sul, em Miranda, não pode deixar de participar da famosa pescaria de piranhas.

Afinal, assim como em praticamente todas as áreas pantaneiras, a pesca é um grande destaque na cidade.

No caso das piranhas em específico, o ponto mais positivo vai para a voracidade desses peixes.

Eles são facilmente atraídos pelas iscas, quando se utiliza carne vermelha (como carne bovina), e oferecem momentos de muita diversão ao lado do rio.

E o melhor de tudo é que, além da alternativa de devolver tudo para a água, também é possível saborear um belo prato de piranhas fritas.

Passeio de barco

Cabana do Pescador
Fonte: paulo1ant (TripAdvisor)

Um modo bem interessante de desbravar o território, e que também pode e deve fazer parte do roteiro de 1 dia no Pantanal, é o passeio de barco.

No caso de Miranda/MS, tudo acontece em um trecho do Rio Miranda e oferece uma aventura diferente de observação de animais. Afinal, tudo acontece por outro ângulo, com a água servindo como um belo disfarce enquanto o barco se aproxima dos bichos.

Além da própria beleza dos movimentos dos peixes, a mata ciliar também presenteia os visitantes, uma vez que reserva um espaço perfeito para o descanso de répteis, mamíferos e aves aquáticas.

Conclusão

Como foi possível observar, apesar de ser um tempo bastante reduzido para curtir toda a magnitude do Pantanal, um roteiro de 1 dia é o suficiente para sentir o gosto de tudo o que a região tem a oferecer.

Então, para quem quer conhecer o Pantanal, esse patrimônio natural mundial, vale a pena se organizar para curtir as belezas do território, nem que por apenas um dia.

Afinal, a observação de aves, a pesca esportiva e os passeios de exploração da natureza são realmente únicos.

Não se esqueça que há, também, mais coisas para fazer no Pantanal, como é o caso do Refúgio Ecológico Caiman, do Rio Cuiabá e da atração “Dia de Peão”.

Quer conferir mais opções de roteiros pelo Pantanal, Bonito e região? Reserve seus passeios com a Roteiro Bonito MS hoje mesmo, por e-mail ou por WhatsApp, e venha conhecer esse paraíso!

Thiago Araújo

Tenho 30 anos. Sou esposo da Flávia e pai de 3 lindos meninos: Kauã, Kaio e Lorenzo. Sou um empreendedor apaixonado por Bonito/MS. Amo viajar e também gosto de mostrar o melhor que minha cidade tem para quem vem nos visitar. Conte com a minha ajuda.

[GRÁTIS] Guia com Todos os Passeios e Valores de Bonito

Conheça os valores atualizados dos passeios e poupe horas na montagem do roteiro.

Solicite agora gratuitamente.