roteiro bonito agência de turismo em bonito

Roteiro de 5 Dias no Pantanal: Passeios Perfeitos Dia a Dia

Um roteiro de 5 dias no Pantanal é realmente uma das opções de viagens mais completas para se realizar no Brasil. Afinal, o bioma brasileiro é a maior área alagável do planeta, e conta com uma biodiversidade única.

Localizado no Centro-Oeste, nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, o destino concentra muitas atividades e passeios de tirar o fôlego.

Não à toa, recebem uma grande quantidade de visitantes todos os anos, que querem se aventurar pela região.

Então, se você quer as melhores dicas de passeios e um roteiro completo de viagem, confira o que a Roteiro Bonito MS preparou!

Roteiro de 5 dias no Pantanal

Como o Pantanal ocupa a área de dois estados, uma dica importante é percorrer apenas um desses territórios: o Pantanal Norte ou o Pantanal Sul.

Afinal, viajar por um território muito extenso traria muitos pontos negativos, reduzindo o tempo dedicado aos passeios em si.

Como 65% do território alagável fica no estado do Mato Grosso do Sul, a dica é seguir justamente para essa parte sul do Pantanal.

Nesse caso, basta pegar um voo para o Aeroporto Internacional de Campo Grande, na capital do estado, e depois se direcionar para as cidades da zona pantaneira.

Enfim, fazer o check in no seu hotel favorito vai ser fácil. Difícil, mesmo, vai ser fazer o check out, porque você não vai querer ir embora do Pantanal!

Vamos começar o roteiro?

1º dia – conhecer os atrativos de Corumbá

Corumbá
Fonte: José Eduardo Nucci (Flickr)

Devido à grande quantidade de atrativos, o primeiro e o segundo dia do roteiro de viagem ao Pantanal podem ser dedicados a Corumbá. O município é um grande destaque turístico, sendo conhecido como a principal cidade pantaneira.

Além disso, está entre as maiores cidades de todo o estado, com uma média de 110 mil habitantes vivendo por lá atualmente.

Corumbá conta com uma estrutura completa para receber os visitantes, com uma área urbana muito bem desenvolvida, mas com destaque para suas atividades no próprio Pantanal.

São muitas pousadas, hotéis e fazendas distribuídas na região, como a Fazenda São João e o Pantanal Jungle Lodge, que recebem muitas visitas.

Corumbá está a 426 km de distância da capital sul-mato-grossense, Campo Grande, com o acesso por meio da BR-262.

Fora isso, localiza-se exatamente na divisa do Brasil com a Bolívia, sendo esse mais um destaque a se considerar.

Quanto aos rios, a cidade é cortada pelo Rio Miranda e pelo Rio Paraguai, que são duas belas alternativas para quem gosta de pescarias.

Não à toa, a região recebe muitos amantes dessa atividade, sendo o local de realização do Festival Internacional de Pesca do Pantanal.

Cavalgada pelo território pantaneiro

Cavalgada pelo Pantanal
Fonte: Alexandre C. Marques (Flickr)

Em Corumbá/MS, um passeio que não pode ficar de fora do roteiro de 5 dias no Pantanal é a cavalgada.

Essa é uma das atividades mais procuradas por quem viaja para a região, oferecendo um contato realmente único com a natureza.

Os passeios a cavalo têm um fator cultural muito presente, possibilitando que se realize uma imersão no dia a dia dos peões que vivem por lá. Fora isso, é um modo muito eficiente de explorar o território, dando acesso a locais diversos.

Focagem Noturna

Focagem noturna
Fonte: Mkt Ideiatours (Flickr)

Mais uma atividade que vale muito a pena incluir no primeiro dia do roteiro é a focagem noturna, que oferece uma exploração bem diferente do bioma.

Nesse caso, o seu grande diferencial é que, por se realizar durante a noite, é possível observar as espécies que possuem hábitos noturnos. Assim, as chances de encontrar uma jaguatirica ou até mesmo uma onça-pintada são bem mais significativas.

Outro fator importante é que a atividade é realizada tanto em terra firme, em carros ou cavalos, como nas áreas alagadas, por meio de barcos.

Cada uma das duas opções oferece suas próprias características, e o encontro com animais diferentes.

A focagem noturna na água é ideal para a observação de jacarés, que se mostram em grande quantidade nesse período.

2º dia – percorrer a Estrada Parque Pantanal e passear de barco

O segundo dia do roteiro também é dedicado a Corumbá/MS, já que se trata da cidade mais completa, por assim dizer.

Assim, a junção dos dois dias completos torna o acesso aos passeios muito mais simples, sem perder tanto tempo se deslocando de um município para outro.

Além disso, dá para curtir com mais calma a culinária local, aproveitando desde o café da manhã até o jantar.

Estrada Parque Pantanal

Estrada Parque Pantanal
Fonte: Andrew Mercer (Flickr)

Embora o acesso a Corumbá hoje seja asfaltado, através da BR-262, a cidade conta também com uma estrada histórica, que é conhecida como Estrada Parque Pantanal.

Esse é um percurso realmente muito tradicional, que oferece uma aventura especial para os visitantes.

Para se ter uma ideia, são em torno de 120 km de extensão, em uma área muito bem preservada, mas que conta também com muitos hotéis e pousadas nas proximidades.

Como o objetivo inicial da construção da estrada era possibilitar uma passagem contínua, mesmo em épocas de chuva, há cerca de 70 pontes espalhadas pelo percurso.

O passeio pela estrada reserva grandes chances de encontrar com belos animais, e de observar a flora nativa do local.

Por isso, é realmente impossível não incluir a atividade no roteiro de 5 dias no Pantanal, já que ele está entre as mais importantes da região.

Passeio de barco pelo Rio Miranda

Rio Miranda
Fonte: Johni (Flickr)

O Rio Miranda é um importante curso na área pantaneira, oferecendo muitas atividades aos visitantes.

Nesse caso, no segundo dia de viagem, vale a pena realizar um passeio de barco, com uma exploração calma do território.

O mais interessante dessa opção é que ele reserva uma observação completa das margens e da mata ciliar ao redor. Assim, há muitas aves que ficam por lá, além da atividade de peixes e outros animais.

3º dia – conhecer as cachoeiras da Serra da Bodoquena

O ponto mais interessante de realizar um roteiro de 5 dias no Pantanal é que é tempo mais que suficiente para explorar outras riquezas da região.

Afinal, no entorno da zona pantaneira, há muitas outras cidades belíssimas, que também contam com essa cultura.

Essa parte de Mato Grosso do Sul é repleta de grutas e rios, e consequentemente oferece muitas atividades em cachoeiras e trilhas. Por isso, no terceiro dia de viagem é interessante descer para a cidade de Bodoquena/MS.

Nesse caso, basta sair de Corumbá, rumo a Campo Grande, e entrar por Miranda-MS. Em Bodoquena, os grandes destaques vão para as cachoeiras da Boca da Onça e da Serra da Bodoquena.

Serra da Bodoquena

cachoeira serra da bodoquena

Essa é uma área muito bem preservada do estado, dentro de um parque nacional, que oferece um contato direto com a natureza.

Tudo começa com uma trilha extensa, de 2,5 km, mas com um nível baixo de dificuldade devido às poucas barreiras encontradas. Há incríveis 8 cachoeiras, sendo que 4 delas oferecem paradas para banhos.

O trajeto segue a mata ciliar próxima ao Rio Betione, por isso há a presença de tantas cachoeiras. No fim do percurso, chega-se à fazenda local, onde há um balneário completo para banho.

Um complexo de cachoeiras deslumbrantes
Cachoeira da Serra da Bodoquena

Não perca a chance de conhecer esse complexo de cachoeiras, com diversas trilhas guiadas magníficas e piscinas naturais para você se banhar e 'lavar a alma'. Além disso, há também um almoço delicioso com todos os pratos típicos da região de Bonito, para você embarcar de vez no clima local!

Ver PasseioFalar com Especialista

Boca da Onça

boca da onça

Outra alternativa, além da Serra da Bodoquena, é conhecer a cachoeira da Boca da Onça.

Essa é a maior queda d’água de todo o estado, com mais de 156 metros de altura, oferecendo um visual deslumbrante.

O passeio de chegada até o local envolve também uma bela trilha, com 4,5 km de extensão. E, no trajeto, há outras 4 paradas para banho, em outras cachoeiras locais.

Por lá, mais uma opção de passeio chamativo é o rapel de plataforma, que é simplesmente o maior do Brasil.

Lindas nascentes e cachoeiras
Cachoeira Boca da Onça

A cachoeira Boca da Onça é uma atração por si só, mas não é a única ali disponível. Maravilhe-se também através de diversas trilhas pela natureza, nascentes e diversas outras cachoeiras que irão te maravilhar, para os mais aventureiros é até mesmo possível praticar rapel na cachoeira!

Ver PasseioFalar com Especialista

4º dia – conhecer os passeios de Bonito/MS

Aproveitando a passagem por Bodoquena/MS, e o extenso passeio pelo Pantanal, a dica é seguir ainda até a cidade de Bonito/MS.

Afinal, essa é a capital do ecoturismo brasileiro, e chegar tão próximo da região e não dar uma passadinha é praticamente um crime.

Brincadeiras à parte, o território é realmente um paraíso e fica pertinho da zona pantaneira, bastando apenas descer um pouco mais de Bodoquena.

Por lá, além das trilhas e cachoeiras, o destaque vai para a exploração das grutas, banhos nos balneários e os passeios de mergulho e flutuação nos rios e lagos.

Gruta do Lago Azul

gruta do lago azul

A Gruta do Lago Azul é o grande cartão postal de Bonito, sendo realmente um local de visitação único.

As formações geológicas da caverna são belíssimas, sem falar na escadaria de acesso e da pequena trilha final que leva ao atrativo.

No entanto, o maior destaque fica para o lago que fica no interior da gruta, de uma transparência e coloração azul impressionantes.

Por fatores de conservação, não é possível entrar no lago, sendo esse um passeio apenas de contemplação.

Mas, devido ao visual, trata-se de uma parada que está na lista de praticamente todos os visitantes que conhecem a cidade.

Rio subterrâneo magnífico
Gruta do Lago Azul

Se surpreenda com uma descida de 200 metros, com mais de 300 degraus, contendo um belíssimo lago com uma tonalidade azul que varia conforme a incidência de luz solar dentro da gruta. A beleza do lago e da gruta são dignos de visitação e contemplação

Ver PasseioFalar com Especialista

Flutuação do Rio Sucuri

flutuação rio sucuri

Uma atividade que tem a cara de Bonito/MS são as flutuações nas nascentes dos rios e lagos da região.

Isso acontece porque os rios da cidade contam com a característica de serem muito cristalinos, ideais para esse tipo de passeio.

O próprio Rio Sucuri, por exemplo, carrega o título de rio mais transparente de todo o território brasileiro.

A flutuação, para quem não sabe, consiste em ficar realmente flutuando, de barriga para baixo, usando uma roupa de neoprene, snorkel e máscara, observando tudo no fundo do rio.

Nade em águas cristalinas e com poucos peixes
Flutuação no Rio Sucuri

O Rio Sucuri é não apenas um dos principais rios da região, mas também um dos mais procurados do país. Após uma pequena trilha através de algumas nascentes de águas cristlinas, você chegará ao deck onde se iniciará a flutuação no Rio Sucuri, bem pertinho dos peixes!

Ver PasseioFalar com Especialista

5º dia – passear pelo Pantanal de Miranda

Voltando para o Pantanal, vale a pena dedicar o último dia do roteiro para a cidade de Miranda/MS. Esse é um dos municípios mais visitados do território alagável, e fica ao lado da BR-262.

Como já mencionado, é justamente através dela que há o acesso às cidades de Bodoquena e Bonito.

Então, depois de curtir os dois dias de exploração da região, basta voltar novamente para a BR.

Miranda/MS fica a apenas 207 km de Campo Grande, possibilitando um retorno rápido à capital sul-mato-grossense.

Dentre seus hotéis e fazendas, uma que costuma receber bastante visitas é a Fazenda San Francisco, uma das mais completas do município.

A cidade também é cortada pelo Rio Miranda, sendo essa uma área perfeita para realizar mais passeios pantaneiros.

Pesca de Piranhas

Cabana do Pescador
Fonte: paulo1ant (TripAdvisor)

As piranhas são peixes muito comuns no Pantanal. Quem passa por Miranda/MS pode pescar piranhas ou apenas relaxar na beira do rio.

A pesca desses peixes é bem simples, apenas com um anzol e iscas feitas de carne vermelha.

E o melhor de tudo é que depois de fisgar alguns exemplares, é possível saborear um belo prato de piranhas fritas. Além disso, é claro, também dá para soltar os animais novamente no rio.

Safári Fotográfico

Safári pelo Pantanal
Fonte: One more shot Rog (Flickr)

Sendo um tipo de passeio muito comum nas savanas africanas, o safári fotográfico também faz parte dos atrativos do Pantanal.

Nesse caso, os visitantes percorrem uma área do território dentro de um carro aberto, enquanto observam a fauna e flora da região.

O mais interessante de tudo isso é que se trata de um passeio pouco cansativo, e que traz resultados incríveis.

Afinal, a área percorrida é mais extensa, havendo o registro dos principais momentos através de fotos.

Conclusão

Um roteiro de 5 dias no Pantanal é realmente uma aventura única, e que vale a pena realizar. Afinal, o bioma pantaneiro reserva o encontro com uma fauna riquíssima e uma flora de encantar qualquer um.

Os animais que habitam a região, como o veado-campeiro, jacarés, jaguatiricas, garças, corujas e as incríveis onças pintadas, sem dúvida, são espécies deslumbrantes.

O contato com a natureza acontece de forma intensa, com inúmeros passeios de observação.

Além do mais, a proximidade com outras cidades turísticas, como a capital do ecoturismo, Bonito/MS, é mais um destaque a se considerar.

O ponto positivo de realizar um roteiro de viagem mais longo para a região é justamente esse: conseguir explorar mais profundamente as áreas vizinhas.

De todo modo, quem viaja para o Pantanal encontra um destino único, com atrativos característicos do próprio bioma.

Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para garantir sua chance de conhecer esse paraíso, reservando seus passeios com a Roteiro Bonito MS por WhatsApp ou por e-mail. Até a próxima!

Veja também: Roteiro de 4 Dias no Pantanal

Thiago Araújo

Tenho 30 anos. Sou esposo da Flávia e pai de 3 lindos meninos: Kauã, Kaio e Lorenzo. Sou um empreendedor apaixonado por Bonito/MS. Amo viajar e também gosto de mostrar o melhor que minha cidade tem para quem vem nos visitar. Conte com a minha ajuda.
pt_BR

[GRÁTIS] Guia com Todos os Passeios e Valores de Bonito

Conheça os valores atualizados dos passeios e poupe horas na montagem do roteiro.

Solicite agora gratuitamente.