roteiro bonito agência de turismo em bonito

Roteiro de 2 Dias no Pantanal: Passeios Perfeitos Dia a Dia

Um roteiro de 2 dias no Pantanal é, sem dúvidas, uma das melhores alternativas de viagens para se fazer no Brasil.

Afinal, a região é um destaque ecoturístico, sendo a área alagável mais extensa do planeta, e lar de muitas espécies únicas de animais, como a onça-pintada e as araras-azuis.

A experiência de uma viagem ao território pantaneiro, na região Centro-Oeste do país, é única, e vale a pena dedicar alguns dias para conhecer esse paraíso.

Então, se você está em busca de um roteiro completo de passeios pela região do Pantanal, confira as dicas que a Roteiro Bonito MS preparou!

Roteiro de 2 Dias no Pantanal: Passeios Dia a Dia

O Pantanal Brasileira fica nos estados de Mato Grosso e também de Mato Grosso do Sul, no Centro-Oeste do Brasil. E ambos concentram ótimas opções de cidades para conhecer, cada uma com diferenciais próprios.

No entanto, como são apenas 2 dias de viagem, é interessante reduzir ao máximo o tempo de deslocamento entre um passeio e outro.

Por isso, este roteiro que preparamos conta com uma aventura na região sul-mato-grossense, que é onde está 65% do Pantanal.

Já as cidades que fazem parte do roteiro são Corumbá e Miranda, dois dos principais centros turísticos desse bioma.

1º dia – explorar as aventuras de Corumbá

Corumbá
Fonte: José Eduardo Nucci (Flickr)

A cidade de Corumbá fica localizada no estado do Mato Grosso do Sul, a uma distância de 426 km da capital, Campo Grande.

Para chegar ao município, a melhor rota é através da BR-262, que leva diretamente ao destino, em uma via totalmente asfaltada.

O grande motivo da escolha de Corumbá/MS para integrar o roteiro de 2 dias no Pantanal é justamente pelo fato desta ser a cidade mais pantaneira do país.

Além do mais, são cerca de 110 mil habitantes vivendo na região, sendo um dos municípios sul-mato-grossenses mais populosos que existem.

Assim, o que não falta é uma estrutura adequada para receber os visitantes que buscam conhecer os atrativos de lá.

A região é cortada pelos rios Miranda e Paraguai, e fica exatamente na divisa com a Bolívia. Por isso, tem na pesca esportiva um ponto de grande destaque, sediando inclusive o Festival Internacional de Pesca no Pantanal.

Por lá, há ainda muitas fazendas, hotéis-fazenda e pousadas, de onde fica muito mais prático realizar os passeios.

Percorrer a Estrada Parque Pantanal

Estrada Parque
Fonte: Antonio Carlos Pavanato (Flickr)

Um dos atrativos mais interessantes de Corumbá é a presença da chamada Estrada Parque Pantanal, que é o antigo percurso usado para se chegar à cidade, antes da BR-262.

Na época de sua criação, o objetivo era construir algo que possibilitasse o deslocamento mesmo nos períodos de cheia do Pantanal.

Por isso, nos 120 km de extensão da estrada, há nada menos do que 70 pontes vazantes, que tornam o trajeto ainda mais bonito.

Como corta toda a região, chegando à cidade de Miranda/MS, a fauna e flora que se observa ao longo do caminho é belíssima.

Cavalgada no Pantanal

Cavalgada pelo Pantanal
Fonte: Alexandre C. Marques (Flickr)

Uma atividade que não pode ficar de fora do roteiro de o que fazer no Pantanal mato-grossense em 2 dias é a cavalgada. Afinal, os passeios a cavalo são simplesmente o atrativo mais chamativo e representativo da região.

Além de ser uma forma única de explorar os lugares e atrativos pantaneiros, é também uma maneira de imergir na cultura local.

Isso porque trata-se de uma ação diária dos peões das fazendas, que campeiam os gados, e também dos boiadeiros, que fazem parte da história do estado.

Vale lembrar que os cavalos são dóceis, devidamente treinados para transportar os visitantes, o que garante a segurança do passeio.

Uma dica interessante, nesse caso, é fazer a cavalgada na parte da tarde, para aproveitar o pôr do sol no Pantanal, que é um dos mais bonitos do país.

Focagem noturna

Focagem noturna
Fonte: Mkt Ideiatours (Flickr)

Durante a noite pela região pantaneira, um atrativo muito requisitado pelos visitantes é a chamada focagem noturna.

De uma forma geral, o passeio consiste em explorar a região nesse horário para observar profundamente o bioma.

O mais interessante dessa escolha é que a variedade de animais que são ativos à noite é bem diferente em relação ao dia.

Assim, é possível ver com detalhes os famosos jacarés, que vivem em abundância no território pantaneiro. Além disso, os felinos são outros bichos que se destacam, tornando a aventura um passeio único.

O céu noturno do Pantanal é mais um detalhe adicional interessante, devido à quantidade de estrelas visíveis.

Vale lembrar também que a focagem pode acontecer tanto em terra firme, em carros ou cavalos, quanto na água, em barcos.

2º dia – desbravar os atrativos de Miranda/MS

Miranda Pantanal
Fonte: Luciano Justiniano (Flickr)

O segundo dia do roteiro de 2 dias no Pantanal pode ser dedicado a Corumbá novamente. Mas a melhor opção é seguir para a cidade de Miranda/MS, outro destino único na região.

O mais interessante dessa escolha é que o município fica na metade do caminho de volta para Campo Grande, pela BR-262.

Além disso, é o lar de uma grande quantidade de fazendas turísticas, como a fazenda San Francisco, de onde é possível realizar inúmeros passeios.

Outro ponto positivo de Miranda é que ele é uma das portas de entrada para Bonito/MS, capital do ecoturismo no Brasil.

Assim, quem quiser, pode até dar uma esticadinha até a terra das cachoeiras, grutas e rios de águas cristalinas.

Em Bonito/MS, os grandes atrativos são a Gruta do Lago Azul, Flutuação no Rio Sucuri, Abismo Anhumas e Lagoa Misteriosa, pontos turísticos famosos em todo o mundo.

Outra opção de destino no segundo dia do roteiro é Aquidauana, que fica ainda mais próxima da capital. Na cidade, há a Pousada Pequi, ao lado do Rio Aquidauana.

Quem prefere os passeios pantaneiros de Miranda, pode realizar as atividades que destacaremos a seguir.

Safári Fotográfico

Safári Fotográfico
Fonte: Magda Slazak (Flickr)

Um passeio muito interessante para se fazer em Miranda é o chamado safári fotográfico, um atrativo bastante procurado na região.

Assim como acontece nas savanas africanas, esse é um passeio onde os visitantes percorrem o Pantanal em um carro aberto, observando a paisagem.

Esse é um modo realmente diferente de conhecer o território, dando conforto e praticidade à aventura.

Além do mais, a área de cobertura do passeio é maximizada, dando mais chances de encontrar com um animal atrativo (como a arara azul) ou se deparar com uma árvore exuberante.

E, claro, todos os momentos principais são fotografados, gerando as melhores recordações da visita ao Pantanal.

Pesca de Piranhas

Pescaria Pantanal
Fonte: Ricardo (Flickr)

A pescaria é uma das atividades mais interessantes para se fazer no Pantanal, e muitas pessoas viajam para a região atrás dessa aventura.

Quanto a isso, na cidade é possível ter uma boa noção de como tudo acontece, aproveitando a pesca de piranhas no Rio Miranda.

Esses são peixes vorazes, sendo facilmente atraídos por iscas feitas de carne vermelha, e proporcionam uma pescaria emocionante.

O melhor de tudo é que, embora seja possível soltar todos os peixes novamente, em muitos casos as piranhas também são fritas, transformando-se em um delicioso prato.

Passeio de barco no Rio Miranda

Rio Miranda
Fonte: Washington de Assis (Flickr)

Outra forma de diversificar o roteiro de 2 dias no Pantanal é aproveitando um delicioso passeio de barco no Rio Miranda.

Como já foi possível observar, esse é um rio muito importante na região pantaneira, e oferece ótimas opções de atividades.

No caso desse passeio em específico, o mais interessante é justamente a observação da natureza por um novo ângulo.

Afinal, além da beleza das águas do rio em si, e da movimentação dos peixes, há também a mata ciliar em suas margens.

Esse é um local onde as árvores estão quase sempre verdes e onde os animais silvestres costumam descansar.

Muitos pássaros podem ser avistados durante a aventura, além de outros répteis e mamíferos.

Conclusão

Como foi possível observar, mesmo em apenas dois dias é possível curtir bastante o Pantanal brasileiro.

E o acesso ao território é facilitado, uma vez que logo após o check in em Campo Grande, onde há o aeroporto internacional, ligando a região aos outros locais do mundo, basta pegar a BR diretamente para o primeiro destino.

Então, depois de curtir os dias de aventura, basta retornar e fazer o check out no mesmo aeroporto da capital do estado.

Além de todos os atrativos naturais que a região tem a oferecer, um grande destaque que também vale a pena mencionar é a culinária local.

Afinal, são muitos pratos típicos, como o tradicional arroz carreteiro, e inúmeros outros itens para o café da manhã (como o quebra torto), almoço e jantar pantaneiro.

Um roteiro de viagem de 2 dias, embora seja um tempo bastante limitado, é mais que o suficiente para sentir o gostinho dessa aventura única no Brasil.

Sendo um dos destinos mais buscados no país, possibilita o encontro com o melhor que a natureza tem a oferecer.

Para isso, é claro, basta apenas se organizar direitinho e seguir as dicas que a gente preparou.

Enfim, não espere mais para conhecer Bonito e as surpresas que a capital do ecoturismo reserva a você! Garanta seus passeios com a agência Roteiro Bonito MS entrando em contato por WhatsApp ou e-mail hoje mesmo!

Thiago Araújo

Tenho 30 anos. Sou esposo da Flávia e pai de 3 lindos meninos: Kauã, Kaio e Lorenzo. Sou um empreendedor apaixonado por Bonito/MS. Amo viajar e também gosto de mostrar o melhor que minha cidade tem para quem vem nos visitar. Conte com a minha ajuda.

[GRÁTIS] Guia com Todos os Passeios e Valores de Bonito

Conheça os valores atualizados dos passeios e poupe horas na montagem do roteiro.

Solicite agora gratuitamente.