Serra da Bodoquena

Detalhes do passeio

A visita à Serra da Bodoquena é um dos passeios que não podem ficar fora do roteiro de quem vai à cidade de Bonito – Mato Grosso do Sul. O local é um verdadeiro paraíso natural, repleto de trilhas e cachoeiras, além de uma densa área de Mata Atlântica.

A serra está localizada dentro do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, onde há a superposição da Mata Atlântica com o Pantanal.

E o melhor de tudo é que o espaço busca unir o melhor que a natureza tem a oferecer, com uma estrutura incrível.

A preservação é um ponto-chave do local, mas há também o necessário para os visitantes curtirem, relaxarem e explorarem com segurança e tranquilidade.

Assim, há estacionamentos, restaurantes, bares, áreas de descanso, banheiros para cadeirantes e mais.

Um ponto importante a se considerar, porém, é que apesar do que se possa imaginar, a Serra de Bodoquena não pertence à cidade de Bonito.

Na verdade, trata-se de uma área no território da cidade de Bodoquena-MS, mas que devido à proximidade, faz parte do roteiro turístico da região.

Quem visita a Serra de Bodoquena consegue curtir aventuras únicas, como:

  • Trilhas;
  • Cachoeiras;
  • Balneários;
  • Piscinas naturais;
  • Áreas de lazer e descanso.

⚠️ Atenção, turista!

Devido à conservação das diversas maravilhas naturais de Bonito, há um número limitado de vagas de acesso aos passeios da cidade.

Sabendo disso, não perca tempo: é essencial preparar o roteiro da sua viagem o quanto antes.

🥾 Trilhas e cachoeiras Serra da Bodoquena

Tudo começa exatamente com uma trilha leve, de cerca de 2500 metros, onde a interação com a natureza é de tirar o fôlego.

Esse passeio inicial pela mata conta com cerca de 8 paradas, que são justamente as cachoeiras e piscinas naturais presentes no local. Além disso, o percurso conta também com um passeio de bote no Rio Betione, que é outro atrativo importante.

Para dar segurança aos visitantes, todo o trajeto é acompanhado por um guia turístico, que comandará as aventuras.

Os banhos em diferentes locais e a observação da fauna e da flora do parque são atrativos envolventes dessa trilha.

Embora sejam 2,5 km de extensão, a trilha é realmente bem leve, uma vez que não apresenta elevações tão difíceis.

Além do mais, a estrada é muito bem cuidada, permitindo um deslocamento sem tanto esforço.

Outro diferencial, é claro, são as paradas ao longo do trajeto, sendo pausas importantes para aproveitar o passeio e respirar fundo para dar continuidade a outro trecho.

E como prêmio por ter percorrido toda a caminhada, finalmente chega-se ao balneário, que reserva ainda mais aventuras.

🌊 Balneário Serra da Bodoquena

O restante do passeio acontece justamente no balneário da Serra da Bodoquena, que possui uma ótima estrutura de lazer e descanso.

Por lá, há também uma enorme área verde, cercada pela mata ciliar do Rio Betione. Por isso, dá para curtir bastante a tirolesa presente no rio, o stand up paddle e também os passeios de caiaque, que são atrativos à parte.

Nessa área acontece o almoço, com comidas típicas da região, feitas no fogão a lenha. Então, depois de curtir a trilha inicial e um pouco do balneário, é possível recarregar as energias com uma refeição completa.

E o melhor de tudo são os espaços para descanso, com redários e espreguiçadeiras.

Depois, é só curtir o restante do dia no balneário, explorando as outras atividades, como piscinas, ou a quadra de vôlei de areia.

Há ainda outras opções de trilhas e quiosques com variados tipos de bebidas para aproveitar com moderação.

E é por isso que o passeio pela Serra da Bodoquena é tão procurado pelos visitantes de Bonito. Afinal, consegue unir um ambiente natural deslumbrante com muitas outras opções de lazer, diversão e descanso.

🏞 Parque Nacional da Serra da Bodoquena

Como mencionado, todo o passeio acontece na reserva do Parque Nacional da Serra da Bodoquena. Ele foi criado ainda no ano de 2000, possuindo mais de 20 anos de atividade.

A administração do parque é responsabilidade do ICMBio, o Instituto Chico Mendes de Conservação de Biodiversidade.

Ao todo, são quase 77 mil hectares de área preservada, onde há o Complexo do Pantanal, presente no estado de Mato Grosso do Sul.

Sua criação tem o objetivo de preservar todo o ecossistema local, proporcionando, por exemplo, a realização de pesquisas científicas.

Além disso, é claro, a área é muito importante para atividades de educação ambiental, ecoturismo e também outras recreações ao ar livre.

Muitas espécies de animais conseguem encontrar um refúgio natural perfeito no parque, sendo um espaço de preservação de grande relevância.

Algumas das principais espécies preservadas são a onça-pintada, o cascudo-cego e o puma, todos com ameaça de extinção.

Sua abrangência percorre os municípios de Bonito, Jardim, Porto Murtinho e Bodoquena, que é onde a serra fica mais próxima.

🦋 Fauna local

A Serra da Bodoquena em si, assim como todo o parque, conta com uma fauna e flora riquíssimas. Para se ter uma ideia, são cerca de 50 espécies de peixes que habitam os rios e lagoas da região.

Os mamíferos também vivem em abundância por lá, com 195 espécies. Já as aves representam a maioria dos indivíduos, com 340 tipos diferentes, como o gavião real e a arara vermelha.

E o mais interessante de tudo é justamente a interação que existe entre os animais, que também são um atrativo à parte.

A simbiose existente entre a capivara e os pássaros é um belo exemplo disso, uma vez que os passarinhos as livram de insetos, como pulgas, que ficam em seu corpo.

🌸 Flora local

A flora também é um dos pontos-chave do passeio, uma vez que trata-se de uma área de mata muito bem preservada.

No contexto geral, o parque possui uma ampla variedade de espécies de árvores, típicas do Cerrado. Além disso, as matas ciliares completam o ecossistema, junto com o Pantanal.

Mais para o topo dos morros, por exemplo, as árvores perdem as folhas durante o período de estiagem. Por outro lado, mais para a beira dos lagos e rios, a floresta se mantém sempre verde, devido à abundância de água.

As trilhas costumam seguir justamente esses leitos e córregos, onde estão as cachoeiras. Por isso, tanto na baixa quanto na alta temporada do ano, o ambiente estará favorável nas áreas de visitação.

Qualidade das águas

Os banhos nas cachoeiras, rios e piscinas naturais da Serra de Bodoquena são pontos fundamentais do passeio. E o melhor de tudo é que a qualidade das águas presentes na região é bastante agradável.

De uma forma geral, os rios chamam a atenção por possuírem uma água cristalina. Isso acontece porque eles acumulam pouca argila em seu trajeto, além de nascerem em rochas calcárias.

Essa característica faz com que as impurezas sejam filtradas e depositadas mais para o fundo, deixando um visual transparente, ideal para os mergulhos.

Aliás, o Rio Perdido e o Rio Salobra são os principais cursos de água do Parque da Bodoquena. 

Passeios para combinar com a Serra da Bodoquena

Se você ama cachoeiras, precisa fazer este passeio. São 10 lindas cachoeiras, 9 paradas para banho e vistas de tirar o fôlego.

Caminhe por mais de 500 metros de passarelas suspensas para contemplar cavernas milenares em uma das grutas mais belas de Bonito.

O lago cristalino e incrivelmente belo é ideal para quem quer curtir a natureza bem de perto.

Depois de encarar 60 degraus, você chega em grutas muito bonitas com formações rochosas dignas de fotos.

Conheça mais sobre essa espécie de serpente e ainda tire uma selfie com uma jibóia no final do passeio.

📍Onde fica?

Embora seja um passeio comum para quem visita a cidade de Bonito-MS, a Serra da Bodoquena fica, na verdade, na cidade vizinha, Bodoquena, que dá nome à serra.

Mesmo assim, a distância entre Bonito e as cachoeiras e trilhas da Serra de Bodoquena é de apenas 72 km de distância, e por isso a visita é tão comum.

A grande maioria desse trajeto acontece por meio da MS-178, que faz boa parte da ligação das duas cidades. Por outro lado, a distância entre a serra e a própria cidade de Bodoquena é de somente 11,4 km.

Por ser uma rodovia estadual importante, há pavimentação ao longo de toda a MS-178, facilitando o deslocamento. Nos quilômetros finais, no entanto, já chegando à serra, não há uma estrada pavimentada, mas ainda é de fácil acesso.

Para mais informações sobre ingressos e reservas, entre em contato por e-mail ou WhatsApp e fale com um dos especialistas do Roteiro Bonito MS.

🎒

O que levar?

Veja nossa recomendação do que levar!

Câmera fotográfica

Roupa leve

Dinheiro em espécie (consumos extras)

Toalhas

Protetor solar

Roupas de banho

Tênis fechado (apropriado para as trilhas)

Repelente

Boné ou chapéu

Chinelo

🔖

Informações
importantes

Atente-se para essas recomendações

O passeio pela Serra da Bodoquena possui duração integral;

Trata-se de um passeio restrito para crianças menores de 3 anos de idade;

É obrigatório a utilização dos calçados fechados, que são apropriados para fazer as trilhas.

O uso de chinelos é liberado para os momentos de descanso, como no redário e na ducha.

É proibida a entrada de bebida ou então de comida no local (ação de preservação do ambiente)

💎

Estrutura

Veja a estrutura que o passeio oferece

Área de descanso

Restaurante

Wi-fi

Banheiros

Vestiário

Piscina

Estacionamento

Redário

Ducha

Área para fumantes

Tirolesa

Bar

Espreguiçadeiras

Banheiros adaptados para cadeirantes

👍

Itens inclusos

Esse itens estão inclusos

Guia de monitores específicos

Valores

Alta temporada

Adultos: R$242
Crianças (até 11 anos): R$205

Baixa temporada

Adultos: R$190
Crianças (até 11 anos): R$168

O que estão dizendo sobre...

There are no reviews yet. Be the first one to write one.

Escreva sua avaliação

Atenção!

As vagas para esse passeio são limitadas e costumam esgotar rapidamente. Fale com um consultor e garanta já a sua!